Ontem foi o segundo dia da maratona de desfiles do SPFW.

Confiram um pouquinho do que rolou por lá:

ADRIANA DEGREAS

Adriana Degreas

Adriana Degreas

A inspiração para a coleção de Adriana foram as mulheres dos anos 1920, 1930, 1940 e 1950. A coleção está super elegante. O forte da grife são os modelos da linha praia, que chamaram a atenção no desfile. A linha beachwear foi nomeada de Bain Couture, que ganha cada vez mais modelos de roupas que podem ser usadas em outras ocasiões, como os vestidos longos e as peças de cetim pesado. Recortes geométricos, listras, linhas retas e a composição das cores são trabalhados com precisão pela dupla de stylists.. As peças p&b com tule estão entre as mais lindas e sensuais em muito tempo.

ACQUASTUDIO POR ESTHER BAUMAN

Acquastudio

Acquastudio

A Acquastudio buscou sua inspiração no universo da alta-costura para criar uma releitura de sua própria história. Esther Bauman juntou aos seus vestidos de festa elementos da alfaiataria, que aparecem nos tecidos mais estruturados, somados ainda a um elemento navy, no que a marca define como “navy couture”.

RONALDO FRAGA

Ronaldo Fraga

Ronaldo Fraga

 Ronaldo se inspirou nas crônicas de Nelson Rodrigues sobre futebol, e pensou: “Se eu não fizer isso antes de 2014, não faço mais”. Então, seu verão tem essa inspiração, mas como sempre acontece nos desfiles de Fraga, traz muita história por trás. São muitas as histórias que Ronaldo conta e que enriquecem também a maneira como percebemos a coleção.

FORUM

Forum

Forum

A Forum apresenta um verão com uma festa no barco ao som de bossa nova. Os anos 1960 e o universo náutico se juntam no processo criativo para compor uma coleção muito feminina, com formas amplas e força nos vestidos, ponto forte da coleção. A inspiração navy aparece nas estampas de nós e nas golas de marinheiro. Muitas peças têm o caimento estruturado do neoprene, outra ligação com o universo marinho. A estampa Barquinho, criada por Iracema Trevisan, é bem bonita, assim como o trabalho dos bordados em ráfia e laise, romântico, delicado e minucioso.

Ellus

Ellus

EllusA  Índia foi o ponto de partida para a a criação uma da Ellus. O perfume indiano resulta em uma série bem bacana, com uma estampa que veio de uma tapeçaria que Adriana comprou e acabou virando uma estampa digital rebordada com espelhinhos. “Essa parte de bordados foi toda feita na Índia e foi um processo de oito meses para conseguirmos viabilizar”, conta.

É uma coleção comercial, com diversidade de materiais, acabamentos e estampas, com looks que causam desejo e que, esperamos, cheguem às lojas na versão passarela.

Fonte: http://ffw.com.br/

Anúncios